Os Híbridos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os Híbridos

Mensagem por JulianaAdmin em Sab Set 10, 2016 7:04 pm

Os três híbridos são irmãos pertencentes à família Clarkbell. Os três irmão são: Ramsay Miller Clarkbell, Krystal Miller Clarkbell e Naomi Miller Clarkbell. São muito unidos apesar de algumas discussões.

Ramsay é o irmão mais velho. Apesar de às vezes ter um comportamento infantil consegue ser adulto quando quer. Está a maior parte do tempo em sarilhos, a ver filmes com Naomi ou em competição com Krystal. Ramsay foi transformado com 21 anos em lobisomem/bruxo, usando muitas vezes magia para impressionar as pessoas.
Tem uma relação muito boa com as irmãs. Gosta de competir sobre tudo com Krystal, nos jogos, nos carros e até com quem é o bruxo mais poderoso. Costuma assistir séries e filmes com Naomi, acabando sempre a discutir qual é a melhor personagem.

Krystal é uma vampira/bruxa, transformada aos 19 anos. É muito poderosa enquanto bruxa. Tornou-se irmã do meio depois da morte do irmão mais novo, Matthew. É uma rapariga determinada e corajosa, podendo às vezes parecer uma lunática, mesmo sendo a mais protetora dos irmãos.  Ela foi a que mais sofreu com a morte dos pais e do irmão. É ela que normalmente conserta o que Ramsay faz.
É muito protetora com Naomi e costumam discutir bastante, essencialmente porque a irmã mais nova quer que ela veja filmes, juntando-se a ela, no entanto,  não conseguem ficar chateadas durante 5 minutos.  Krystal gosta de jogar alguns jogos de computador e ler livros, assim como sair para se divertir com os amigos. Usa o vampirismo para hipnotizar vendedores, comprando gratuitamente computadores e telemóveis caríssimos.

Naomi transformou-se em vampira/lobisomem com 18 anos. É a maior viciada em séries do mundo e sabe de tudo sobre o mundo dos filmes. Acha bastante inútil o seu lado lobisomem pois o vampirismo é mais interessante. Ficou triste ao perceber que não era bruxa pois era o que ela queria. Passa o tempo a tentar convencer Krystal a ver filmes com ela, sem sucesso. Usa o vampirismo para hipnotizar as pessoas, fazendo com que vá ao cinema de graça.

Factos sobre os Clarkbell:
-Na noite da transformação, Naomi e Krystal, mataram mais de 50 pessoas, drenando lhes completamente o sangue, até que Ramsay as conseguiu parar através de magia.
-Ramsay e Krystal costumam treinar magia juntos. Um dia Naomi encontrou-os inconscientes depois de decidirem fazer uma "luta de magia"
-Quando Naomi vai ao cinema costuma beber o sangue da pessoa que se senta ao seu lado. Na primeira vez que lá foi como vampira matou várias pessoas.
avatar
JulianaAdmin
Admin

Mensagens : 30
Data de inscrição : 01/09/2016

Ver perfil do usuário http://rpgoshibridos.forumeiro.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Híbridos

Mensagem por Krystal Clarkbell em Seg Set 12, 2016 7:03 pm

A história da minha família não era segredo para ninguém. Todos na cidade sabiam como a família Clarkbell tinha uma grande história e bastantes lendas, mas ninguém acreditava nelas, incluindo nós. Eu e os meus irmãos havíamos crescido a ouvir essas histórias, muito populares na pequena cidade de Crescent Moon. A mais importante delas dizia que à pouco mais de 800 anos existiam três irmãos, Edwin, William e Isabelle. Eles eram muito unidos, mas também bastante revoltados pois os seus pais tinham os abandonado ainda em crianças, deixando-os para morrer nas ruas. Ninguém esperava que eles sobrevivessem muito tempo, mas, contra todas as expectativas, conseguiram pois tinham um destino. Um destino diferente de todos os outros. Eles viriam a ser os primeiros seres sobrenaturais que alguma vez existiram.
Segundo a lenda de alguns em alguns anos - ninguém sabe quantos porque ninguém acreditava na história - nasciam três irmãos ou irmãs com o mesmo destino: um nasceria vampiro, o outro lobisomem e o restante bruxo.
Nunca me esqueci de um dia, nos meus seis anos talvez, em que ouvi o meu pai e a minha mãe a conversar. A minha mãe disse uma frase que nunca me saiu da cabeça durante os treze anos seguintes, "Eles são os próximos. O destino quer que assim seja.". Apesar disso nunca acreditei muito, aliás, segundo a lenda, esses irmãos seriam apenas três, mas nós eramos quatro e também eramos humanos normais... Pelo menos era o que eu pensava.
A nossa verdadeira história começa quando algo realmente acontece, no dia que devia ser um dos melhores da minha vida. Era o meu aniversário, no qual eu fiz exatamente 19 anos, o que eu não estava à espera era que esse fosse o dia da transformação, o pior da minha vida.
Senti algo dentro de mim, algo escuro e horrível e ali estava eu, num cemitério a olhar para três campas onde não havia nomes, mas sentia a dor da perda. Então apareceram os meus pais e o meu irmão mais novo, Matthew. Tentei abraça-los mas não os sentia, tentei falar com eles e eles não ouviam, pedi para olharem para mim mas eles não me viam. Com um ramo de flores nas mãos, a minha mãe deu um passo em frente e colocou-as numa das campas. Uma campa onde estava escrito o meu nome, "Krystal Miller Clarkbell" e percebi então que as outras duas campas tinham o nome dos meus outros irmãos, Ramsay e Naomi. Aterrorizada tentei fugir, mas algo me perseguia e gritava qualquer coisa como destino. Fiquei encurralada, sem saída, e a escuridão estava a apanhar-me. Então tudo desapareceu. Acordei a transpirar e com a sensação de que havia ficado alguns segundos sem respirar. Era a terceira vez que tinha aquele sonho que parecia bastante real. Fui acordar a Naomi para que ela me dissesse que eu estava louca mas ela disse algo que me perturbou, ela e o Ramsay - que entrou no quarto segundos depois de mim - disseram que tinham tido extamente o mesmo pesadelo mas com eles mesmos. Decidimos pôr os horríveis sonhos - ou pesadelos - de lado e festejar o meu aniversário. Matthew apareceu no quarto e deu-me os parabéns com um abraço e um beijinho, descendo depois as longas escadas da mansão Clarkbell. Cheguei à cozinha juntamente com Ramsay e Matt - A Naomi tinha ido tomar banho primeiro pois era a que demorava mais - e na mesa havia uma grande variedade de comida, um pequeno almoço que mais parecia um banquete.
-Bom dia, meninos! - disse a minha mãe num tom bastante animado - Parabéns, querida!
Ela abraçou-me, aparecendo então o meu pai por trás e juntando-se ao abraço.
-Parabéns, Krystal! Vem até ao jardim ver o teu presente!
Como sempre eu sabia qual era o meu presente e nesse ano era um carro. Na minha família havia o estranho costume de dar um carro a alguém quando esta fazia 19 anos, e assim aconteceu. Até ao dia apenas o Ramsay tinha um carro, apesar de não saber como ainda o tem à dois anos sem o estragar. Dirigi-me ao jardim e, para meu "não espanto", era um carro. Era um Ferrari igual ao do meu irmão, só que o dele era vermelho e o meu era branco.
-Uau, é lindo! - Fingi-me de espantada - Agora não és o único com carro, Ramsay.
-Mas o meu carro é muito mais bonito.
Eu e o meu irmão Ramsay tinhamos uma espécie de competição entre nós com tudo o que acontecia. Apesar disso, naquele dia, não me apetecia arranjar argumentos para ele.
O dia passou e a noite chegou com um momento horrível. Eram 22h e os convidados para a festa já tinham ido embora. Eu e a Naomi estavamos a ter uma discussão sobre séries e livros até que o meu pai nos chamou a todos. Fomos até à sala de estar e os nossos pais abraçaram-nos repentinamente enquanto choravam. Achei estranho mas retribui o gesto e então senti algo pontiagudo a barriga, mas antes de sentir mais alguma coisa ouvi um grito, o grito do Matthew. Afastei-me rapidamente dos meus pais e percebi que o Ramsay tinha sangue na camisa - mais tarde descobri que o meu pai havia tentado espetar a faca no coração dele e, tentando defender-se, esfaqueou Matt e percebi que os meus pais tinham uma faca em cada mão. Sem pensar agarrei numa das facas e, quando percebi, a faca já não estava comigo, mas sim na barriga da minha mãe. Olhei para o lado e vi a cara aterrorizada da Naomi que havia matado o nosso pai. Olhei em volta e vi três corpos cheios de sangue, Matthew, o pai e a mãe. Descobri que Ramsay tem um instinto de irmão mais velho, já que nos abraçou e disse que ficaria tudo bem. Eu olhei para ele nos olhos e disse que não conseguia viver com a culpa, Naomi concordou e deidimos fazer um pacto. Nunca nos iriamos separar.... nem mesmo depois da morte. Ramsay contou até três e então, com as mãos a tremer, suicidamo-nos, cada um com a sua faca e caindo lentamente ali ficamos. Acordei de repente e vi Ramsay e Naomi a levantarem-se juntamente comigo.
-Estamos no inferno? - Foi a pergunta que, mas percebi rapidamente que estavamos vivos.
Olhei para os corpos humanos ensanguentados e tivo o rapido instinto de me dirigir a eles. Quando dei por mim estava a beber o sangue de Matthew assim como Naomi e Ramsay. Encontrei então uma folha no chão que dizia "Se estão a ler isto é porque se transformaram e também que a profecia se concretizou e nós morremos. Krystal, tu és uma vampira e bruxa. Naomi, tu és uma vampira e lobisomem. Ramsay, tu és um lobisomem e bruxo. Vocês são os primeiros híbridos do mundo. Boa sorte."
E aqui estamos nós, um ano depois deste dia, ainda a tentar perceber a nossa nova vida. Agora estamos sozinhos, como híbridos, os únicos no mundo.
avatar
Krystal Clarkbell
Híbirdo

Mensagens : 3
Data de inscrição : 12/09/2016
Idade : 21
Localização : Crescent Moon

Ficha do Personagem
Nome Completo:: Krystal Miller Clarkbell
Tipo de Criatura:: Híbrida (Vampira/Bruxa)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum